domingo, 28 de janeiro de 2018

Te deixo ir

Esses dias tenho pensando bastante no que realmente sinto por você. Achei que mentindo para mim mesma, uma hora eu iria acreditar nessa mentira e ela iria se tornar uma verdade para mim. Apesar de ter sido algo não reciproco, veio em um momento muito complicado e fez com que eu me apegasse a esse sentimento com todas as minhas forças. Depois de desabafar com uma amiga muito querida, pude perceber que esse não é o melhor caminho para o desapego. Ela me disse algo que bateu em mim como um sino bate em uma catedral. "Esse amor que você tem por ele, você deveria ter mais por você mesma sabe?" Isso fez tanto sentido para mim, que desde que tenho tentado colocar em pratica, consigo olhar para você com menos apego e mais gratidão. Gratidão por tudo que aprendi com esse sentimento, sabe?

Algumas das lições foram que certas coisas, por mais que a gente faça um esforço absurdo, não são para acontecer. Amor não é algo para se implorar a alguém. Amor é esse sentimento quentinho e tranquilo que sinto enquanto escrevo isso para ti. E não aquela coisa assustadora que senti no começo. Que um amor romântico precisa ser adicional e não essencial e que, acima de tudo, devo me amar mais para que não dependa tanto do afeto de alguém. Claro, não posso dizer que deixei de gostar de ti por completo, mas acho que estou no caminho. Pela pessoa incrível que você é, desejo apenas, como disse Fred em um de seus vídeos, recoloca-lo em outra caixinha dentro de mim. Tira-lo da caixinha do amor romântico e passa-lo para caixinha do amor amigo.

Estou aprendendo a deixa-lo ir, a desejar que seu futuro seja a mais bela das experiencias que viverá. Que você encontre o que procure, que aproveite sua liberdade ao máximo e seja feliz em tudo o que você desejar fazer. Desejo também que encontre alguém para ser a sua exceção. Exceção a todos os medos que você tem. Exceção as coisas que acredita. A sua exceção a tudo que sente.

Provavelmente nunca te disse, mas hoje, nesse momento eu ainda te amo. Mas te amo com leveza. Te amo com a certeza de que você precisa ser livre e também com a certeza de que esse amor sempre será uma boa lembrança para mim. Embora boa parte dela no começo tenha sido completamente inventada pela minha cabeça, hoje sei que veio para um aprendizado e que agora que estou aprendendo, estou conseguindo deixar ir. Obrigado por ser quem você é. Obrigado por me proporcionar tantas coisas boas que você nem mesmo faz ideia. Obrigado por passar pela minha vida e obrigado por me permitir ama-lo.



내 사랑 (My Love) - Lee Hi (이하이)
Eu sempre te observei à distância Porque você se parecia com meu amor Eu pensei que você se sentia da mesma forma Embora você estivesse olhando para outro lugar Como o vento, como a poeira Eu não posso te alcançar, eu não posso te ver Lembre-se que te amo Eu te amo. Eu acreditei que fosse amor Eu o chamei de destino Lembre-se que te amo Eu te amo Eu estou vivendo em seus olhos Respondo apenas à você Segure-se em mim quando eu estiver balançando Meu amor, meu amor As lágrimas que caem na janela do meu coração Elas respondem-me Você é alguém que eu não posso ter Uma pessoa que tenho que esquecer Meu amor está chegando muito longe Eu preciso te deixar ir porque isso não sou eu Lembre-se que te amo, eu te amo Eu acreditei que fosse amor, eu o chamei de destino Lembre-se que te amo, eu te amo Eu estou vivendo em seus olhos Respondo apenas à você Segure-se em mim quando eu estiver balançando Meu amor, meu amor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário